covid-19-testes-a-vacina-de-oxford-suspensos-devido-a-reacao-adversa

Notícias

Covid 19: testes a vacina de Oxford suspensos devido a reação adversa

1 min. 09.09.2020

A farmacêutica AstraZeneca suspendeu os testes da fase final da vacina que está a desenvolver contra a Covid-19, em parceria com a Universidade de Oxford, após uma suspeita de reação adversa séria num participante do estudo.

A informação foi avançada ontem à noite pelo 'site' de informação especializado em saúde Stat News e depois confirmada pela própria farmacêutica, num comunicado enviado ao canal televisivo norte-americano CNN.

"Como parte dos testes globais controlados e randomizados em andamento da vacina de Oxford contra o coronavírus, o nosso processo de revisão padrão desencadeou uma pausa na vacinação para permitir a revisão dos dados de segurança", indicou a companhia em comunicado.

A AstraZeneca frisou que se trata de "uma ação de rotina, que deve acontecer sempre que houver uma doença potencialmente inexplicada num dos ensaios, enquanto ela é investigada", de forma a garantir que é mantida "a integridade dos ensaios".

"Em grandes ensaios, há doenças que poderão surgir por acaso, mas devem ser revistas de forma independente", adiantou o porta-voz da empresa, salientando que ainda não há certezas sobre a origem da doença do participante.

A AstraZeneca confirmou que a pausa nas vacinações abrange os testes nos Estados Unidos da América (EUA) e em outros países.

No mês passado, a AstraZeneca começou a recrutar 30 mil pessoas nos EUA para o seu maior estudo da vacina, que também está a ser testada em milhares de pessoas no Reino Unido, Brasil ou na África do Sul.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

famatv-logo

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.