consultas-presenciais-caem-para-metade-nos-centros-de-saude

Notícias

Consultas presenciais caem para metade nos centros de saúde

1 min. 28.08.2020

As consultas presenciais no mês de julho registaram uma quebra de 47%, face ao mesmo período do ano passado, depois de terem sido realizados apenas 940 mil atendimentos.

Os números são avançados esta sexta-feira pelo Jornal de Notícias, que cita dados do Portal de Transparência do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Segundo o jornal, as 140 mil consultas realizadas em junho não foram suficientes para compensar todas as outras que não puderam acontecer durante o Estado de emergência em Portugal, devido à pandemia da Covid-19.

No total, em maio, junho e julho, altura em que a atividade programada foi retomada, verificou-se uma diminuição de 2,7 milhões de consultas presenciais nos centros de saúde, o equivalente a uma descida de 53%, em relação ao mesmo período de 2019.

Por outro lado, no que diz respeito aos atendimentos não presenciais a tendência foi de crescimento, sendo que no mesmo período a atividade disparou 110%, com mais de 2,6 milhões de contactos.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

famatv-logo

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.