desemprego-em-famalicao-aumenta-508-em-abril-e-maio

Notícias

Desemprego em Famalicão aumenta 50,8% em abril e maio

2 min. 23.07.2020

O número de desempregados da região Norte aumentou em 23,4% (29.600 pessoas) em maio, relativamente ao mesmo mês de 2019, e as exportações caíram em abril 42,3% devido à Covid-19, assinala um relatório divulgado esta quinta-feira.

Olhando para os concelhos mais exportadores do Norte, a CCDRN constata que o desemprego afetou, sobretudo, Vila Nova de Famalicão (subida de 50,8% no número de desempregados), Braga (27%), Maia (21,3%), Vila Nova de Gaia (11,9%), Guimarães (30,2%), Santa Maria da Feira (30,1%) e Porto (14,9%).

Os dados foram reunidos na edição especial Covid-19 do boletim trimestral Norte Conjuntura da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte (CCDRN), a que a Lusa teve acesso, e que avaliam os "dois meses consecutivos" (abril e maio) em que Portugal viveu em estado de emergência devido à pandemia do novo coronavírus, com "várias atividades económicas encerradas".

O aumento do desemprego, que a nível nacional cresceu em 34%, afetava em maio 156.260 pessoas da região Norte, 79.626 dos quais na Área Metropolitana do Porto (AMP), ao passo que as exportações ficaram 1,1 milhões de euros abaixo do período homólogo de 2019, acrescenta o documento.

A CCDR-N refere ainda a diminuição do número de horas trabalhadas: menos 33,7% na indústria do vestuário, 33,9% na fabricação de têxteis e 45,3% na indústria do couro e produtos do couro.

"A aplicação das medidas de 'lay-off' durante o estado de emergência conseguiu suster uma queda do emprego de amplitude equivalente nas indústrias com implantação mais consolidada na região", sustenta.

Em abril, "o número de desempregados inscritos nos centros de emprego aumentou em 18.710 face ao mesmo mês de 2019", um acréscimo de 14,1%.

Em maio, o número subiu para mais 29.600 inscritos do que no mesmo mês de 2019.

 

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

famatv-logo

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.