foco-de-infecao-confirmado-em-fabrica-de-conservas-de-vila-do-conde

Notícias

Foco de infeção confirmado em fábrica de conservas de Vila do Conde

1 min. 02.07.2020

O Jornal de Notícia adianta na edição de hoje que são já pelo menos dez os casos de covid-19 relacionados com a fábrica de conservas nas Caxinas, em Vila do Conde.

As autoridades de saúde estão a acompanhar o surto na Gencoal e a testar todos os que estiveram em contacto com as infetadas, entre os quais vários dos cerca de 170 trabalhadores da conserveira.

Fonte da Administração Regional de Saúde-Norte (ARS-Norte) confirmou ontem, ao fim do dia, "a existência de casos na empresa", mas recusou divulgar números concretos. "Foram tomadas as medidas previamente definidas para estas situações, que estão a ser articuladas com a autoridade de saúde local", frisou ainda a ARS-Norte.

Contactada pelo JN, a gerência da Gencoal recusou prestou mais esclarecimentos. Confirmou apenas os dois primeiros casos de operárias, que conduziram, na segunda-feira, ao encerramento da linha de produção de conservas de salmão. Uma das funcionárias teria já, nessa altura, contaminado um familiar.

Vila do Conde não registava casos desde o dia 6 de junho. No boletim desta quarta-feira (correspondente aos casos detetados até à meia-noite de terça) surgiram dois novos infetados. No vizinho concelho da Póvoa, foram registados quatro casos, que estarão, também, relacionados com o surto na Gencoal.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

famatv-logo

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.