famalicao-de-fora-dos-projetos-piloto-dos-cuidadores-informais

Notícias

Famalicão de fora dos projetos-piloto dos cuidadores informais

2 min. 15.06.2020

O deputado famalicense do PSD, Jorge Paulo Oliveira “estranha” a não inclusão de Famalicão na Lista dos territórios de implementação dos Projetos-Piloto previstos no Estatuto do Cuidador Informal e pede esclarecimentos à Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

O Governo selecionou 30 municípios para o desenvolvimento de Projetos-Piloto que permitirá aos cuidadores informais neles residentes poderem pedir o estatuto de cuidador informal junto dos serviços da Segurança Social que, entre outros, lhes dará direito a benefícios como um subsídio, apoio técnico e tempo de descanso. O Município de Famalicão, não foi selecionado, “exclusão” que Jorge Paulo Oliveira, considera ser, no mínimo, “estranha”.

O deputado à Assembleia da República, na interpelação dirigida a Ana Mendes Godinho, começa por recordar à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social que, no inicio do ano, nasceu em Famalicão a “Cuidar Maior”, um projeto inovador e pioneiro no domínio dos “cuidadores informais”, que está a ser desenvolvido pelo Centro Social e Paroquial de Requião, perla Didáxis, e pela Junta de Freguesia de Requião, pelo que é surpreendente a circunstância de não se aproveitar “o saber, a estrutura e uma rede social de suporte já existente” o que denota, diz o social democrata,  que o “Governo não foi sensível em analisar nos territórios os projetos que já se encontravam no terreno, auscultando-os na tentativa de ver a possibilidade de os envolver nos próprios projetos-piloto”.

Jorge Paulo Oliveira, acrescenta que no Distrito de Braga não foi selecionado nenhum município urbano e com elevado número de habitantes.

Assim, o deputado famalicense quer que a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social enuncie “os critérios que presidiriam à escolha dos municípios que integram a Lista dos territórios de implementação dos Projetos-Piloto previstos no Estatuto do Cuidador Informal e que possam justificar a não inclusão na mesma do município de Famalicão.

1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

famatv-logo

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.