estado-de-emergencia-permitiu-deter-33-pessoas-por-crimes-mais-graves

Notícias

Estado de emergência permitiu deter 33 pessoas por crimes mais graves

1 min. 17.05.2020

A intensa fiscalização por parte das forças de autoridade, durante o estado de emergência, permitiu deter 33 pessoas que estavam previamente identificadas por crimes mais graves.  

A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias na sua edição impressa e refere que "a maior parte dos casos detetados está relacionada com tráfico de droga, mas também foram detidas pessoas que estavam a conduzir carros roubados, sem carta ou alcoolizados". 

As fiscalizações da GNR e a PSP permitiram apreender quase 15 mil doses individuais de droga, a maioria das quais de haxixe (8.100) e cocaína (6.400). 

As 33 pessoas foram abordadas no terreno devido ao dever de recolhimento domiciliário, mas detidas por crimes alheios à violação do estado de emergência.  

Sabe-se ainda que pelo menos sete foram detidas na fronteira quando tentavam entrar em Portugal para alegadamente consumar o crime de tráfico de estupefacientes, avança a mesma fonte. 

 

 
 
 
1 / 0
Pub - Ulahlah - 250-1
Auchan 250

Diário

famatv-logo

Tudo sobre Famalicão no seu e-mail

Subscreva a nossa newsletter
e acompanhe a atualidade famalicense.